Relação do ESG com a Performance Financeira. Há Evidências?

Antes de mais nada é preciso observar que algo em torno de 60 a 70 trilhões de dólares em ativos são atualmente geridos por signatários dos Princípios para Investimento Responsável, conforme dados da United Nations Environment Programme - Finance Initiative. Por um lado, esse informe demonstra claramente o compromisso dos mercados financeiros com os critérios ambientais, sociais e de governança (ESG) nas decisões de investimento.


Por outro lado, as mudanças de longo alcance dos principais investidores para adotar práticas de investimento sustentáveis ​​ainda permanecem bastante lentas, conforme apontam estudos de Alex Bassen da Universidade de Hamburgo na Alemanha. A explicação para isto poderia residir no fato de que:

  1. o conhecimento sobre os efeitos financeiros dos critérios ESG permanece "fragmentado" de certo modo;

  2. ainda são poucos os executivos que recebem treinamento formal sobre como considerar critérios ESG na análise de investimentos;

  3. aquilo que chamaríamos de "investimento responsável" não é uma unanimidade óbvia ainda.

Bassen no entanto indicou em seus levantamentos que a orientação para o investimento responsável de longo prazo vem sendo importante para todos os tipos de investidores racionais, dispostos sobretudo a cumprir seus deveres fiduciários, além de alinhar melhor os interesses dos investidores com os objetivos mais amplos da sociedade.


Isso naturalmente requer uma compreensão detalhada e profunda de como integrar os critérios ESG nos processos de investimento, a fim de colher todo o potencial dos fatores ESG de aumento de valor. Podemos adicionar a isto, um pouco da visão exposta nos textos da UNITED NATIONS GLOBAL COMPACT onde:


Uma economia eficiente e sustentável é necessária para a criação de valor a longo prazo, promovendo governança, integridade e responsabilidade; e lidando bem com obstáculos a partir de práticas de mercado sustentáveis e em conformidade com a regulamentação vigente.

Em relações às evidências do ESG com a Performance Financeira, dependendo do foco da indústria e do critério ESG adotado, os investidores na Europa tendem a pagar um preço por um investimento socialmente responsável. Há motivos para crer que este movimento inicialmente "europeu" vá alcançar vários continentes, principalmente por conta do grande número de instituições de longo prazo, como fundos de pensão, fundos soberanos, e companhias de seguros e resseguros, que já assinaram os Princípios das Nações Unidas para o Investimento Responsável.


Diversos estudos estão sendo conduzidos para firmar as relações do ESG com performance financeira (ver abaixo) e, adicionalmente, conforme apontamentos da própria Comissão de Estudo Especial de Governança de Organizações (ABNT/CEE-309) que resultou na norma de compliance, ISO 37301, são relevantes os resultados para empresas que a partir de uma boa governança corporativa, seguem leis pertinentes, requisitos regulamentares, códigos setoriais da indústria e normas organizacionais.


Fale com nossos especialistas em #esg #conformidade e #governancacorporativa em sac@logike.com


Textos úteis: The impact of sustainability practices on financial performance: empirical evidence from Sweden.Duc Cuong Pham et al. - Cogent Business & Management / Financial sources, capital structure and performance of social enterprises: empirical evidence from India. Revendranath Tirumalsety et al. - Journal of Sustainable Finance & Investment / Evaluation of strategic and financial variables of corporate sustainability and ESG policies on corporate finance performance. Piers Weston et al. - Journal of Sustainable Finance & Investment.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square